Quanto aos efeitos colaterais

Os efeitos colaterais ou possíveis complicações são:

  • Barotraumas* de orelha média (“ouvido médio”) ou mesmo barotraumas em outras localizações.

  • Intoxicação pulmonar (Efeito Lorrain-Smith**) pelo oxigênio, que se manifesta como um tipo de edema pulmonar, evoluindo desde queimação retro-esternal ou torácica e tosse irritativa à franca insuficiência respiratória.

  • Intoxicação neurológica (Efeito Paul Bert) pelo oxigênio, evoluindo de tremores - miofasciculação dos músculos da face - até à convulsões.

  • Alterações da acuidade visual, geralmente reversíveis espontaneamente.

** As conseqüências funcionais e clínicas do efeito Lorrain-Smith podem ser mensuradas e acompanhadas através da medida da capacidade vital, que cai progressivamente, quanto maior ou mais grave for o comprometimento. Além disso, pode-se utilizar o cálculo da DIPO (Dose de Intoxicação Pulmonar pelo Oxigênio) à partir de uma fórmula e da aplicação de uma tabela, já bem estabelecidas na literatura.

Mais sobre Hiperbárica

Acesse nosso blog

Medicina Hiperbárica - Dr. Tomaz Brito

Clique aqui...